Segunda-feira, 27 de Março de 2006

avis rarae

entro na noite sob o disfarce de lince esventrando a primeira luz que me denuncie.

saltos no escuro não ecoam silenciando uma presença colada à cor da noite.

sigo o rasto do sangue deixado pela vida a cada passo que a morte dá.

procuro a ave nocturna, aquela que me revelará os segredos mistéricos da orgia da vida oculta.

sábia ave não abandona o poiso dos ramos cobertos de ramagens escurecidas de quem muito viu e pouco contou.

conluio formado para o início da arte ditirâmbica, do grito selvagem atrofiado num peito ocultado pela opacidade do tempo inexistente antes da lua.

o que a lua ilumina não revela presenças mas anuncia sombras moventes e mutantes e transmutantes para o outro lado.

ninguém olha a lua, ninguém lhe canta quando lince e avis rarae congeminam caminhos iniciáticos.

selam-se os acordos com olhares cruzados.

seguem caminhos cruzados imaginariamente. os espaços diferenciados e personalizados não se permutam.

cada lugar ali é o seu e é de nenhures.

em cada inverno se celebra a primavera. a semente que germina mas não brota, recolhida  no seio da terra.

pressentimentos guiam intuições.

a lógica diurna segue emoções na pele marcadas.

a pele permanece colada aos corpos de pulsões instaladas.

sabe-se da consciência semiconsciente.

renega-se a consciência imprecisa e arrogante, assume-se um rosto desmascarado.

é a hora de atacar a vida, de fazer jorrar o seu sangue, de a fecundar de energia, de a soltar de corpos de(s)compostos.

tá-se:
eu sou dionisante às 23:28

ah! | ditos | quero-te comigo
|

a face oculta

pesquisar

 

Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

é proíbido

telegrama transeunte

angels

apontamentum

.........

gratia

lava

heranças

titanico

em nome da mãe

Matrix

rastos deixados

Novembro 2008

Agosto 2008

Janeiro 2008

Maio 2007

Novembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Abril 2006

Março 2006

:o

todas as tags

segue-me

este foi o teu passo em falso

Mesothelioma Cancer
Mesothelioma Cancer
blogs SAPO

subscrever feeds